Este é um Blog educacional, dedicado a discussões acadêmicas sobre a Ecologia Evolutiva. Contém chamadas específicas relacionadas às disciplinas de Ecologia da Universidade Federal de Ouro Preto, e textos didáticos gerais.
Segunda-feira, 6 de Outubro de 2008
Discussão adiada - um aeroporto por sobre o último grande remanescente de Mata atlântica de Minas

Criança com febre, um aeroporto por sobre um parque estadual, e ficamos de novo para depois.

 

À parte questões pessoais, fui tomado pela urgência de responder a uma ameaça que para a maioria era desconhecida, incluindo, eu mesmo. A USIMINAS está com um projeto de construção de uma aeroporto de capacidade para 360 mil passageiros/ano, a ser construído dentro da zona de amortecimento do Parque Estadual do Rio Doce. Ignorando TODAS as leias ambientais deste país, mais uma vez o Estado de Minas Gerais está abrindo na marra as portas para o progresso a qualquer custo. Este aeroporto não tem ainda um estudo de viabilidade ambiental concluído, mas a Empresa fala em obras iniciadas em dezembro deste ano. Na surdina, em um lugarejo chamado Bom Jesus do Galho (é longe, de tudo, até do empreendimento), nesta terça feira, será feita a audiência sobre tal empreendimento. Com pista voltada para o parque, além da poluição sonora e atmosférica, haverá o estranho risco de acidentes com aves, mas há a cega conivência de todos passando por cima de todos os fatos. 

 

Este triste fato pediu um texto urgente para ser vinculado no exterior, pois aqui, estamos cercados. Há outros fatos como este, e é preciso reagir. Não sei o quanto as pessoas percebem que não há mais controle do conjunto total de impactos relacionados à siderurgia e mineração em Minas Gerais. Os estudos são pontuais, mas o efeito se dá na escala macro, mas nada para a demanda urgente de metais da China! E nós, viramos chineses. O governo gosta de falar que é por causa do PIB, mas é por causa da negligência com os impactos ambientais.

 

Só que aqui, vivemos uma ridícula revisão do conceito Marxista da Ditadura do Proletariado, para penarmos a Ditadura do Empresariado. Com a população empregada, e ainda em grande parte ignorante dos efeitos das mudanças ambientais em grande escala, não há vozes contrárias. Ou, não havia. Agora há.

 

Ficamos com o estudo para a prova a ser feita ao longo da semana. Discutimos isto na segunda. Abraços

 

Sérvio

 



publicado por Sérvio Pontes Ribeiro às 02:33
link do post | comentar | favorito

pesquisar
 
posts recentes

Convite a visitar meu out...

material de aula por emai...

Mera observação

leitura de contraposição:...

Feliz dia dos professores

Para quem que notícias so...

Preparando para a prova

A mente do cientista e a ...

Resenha do livro " causa ...

Leitura para 14 de março ...

A euqação da Co-existênci...

Avaliação Final de Ecolog...

Para a prova final de Evo...

Belo Monte para cientista...

Seminários - Evolução da ...

Seminários - Evolução Hum...

SemináriosEvolução Bach 2...

Seminários Evol Bach 2011...

Seminários de Evolução 20...

orientações para a prova ...

Março 2013
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9

10
11
12
13
14
15
16

17
18
19
20
21
22
23

24
25
26
27
28
29
30

31


Copyscape
Page copy protected against web site content infringement by Copyscape
arquivos

Março 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Agosto 2012

Abril 2012

Março 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Julho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Dezembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Julho 2009

Abril 2009

Março 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

links
Copyscape
Page copy protected against web site content infringement by Copyscape
blogs SAPO
subscrever feeds